sexta-feira, 5 de março de 2010

Toda revolução tende a ser um acontecimento trágico onde a própria revolução devora os próprios revolucionários.
A história tem comprovado que, os revolucionários – de esquerda ou de direita –, uma vez no governo, suspendem seu compromisso e coragem de fazer autocrítica e sufocam todos aqueles que ousam criticar o novo sistema.
A revolta se torna positiva quando o revoltado toma consciência da profundidade da sua afirmação ao dizer não.
Albert Camus (1913-1960)

Nenhum comentário: