sábado, 22 de dezembro de 2012

Georges Jules Auguste Cain
“Eu acredito no prazer da carne
e na solidão irremediável da alma”.
Hjalmar Söderberg (1869-1941)

Nenhum comentário: