terça-feira, 20 de julho de 2010

Tomiko Tan
Das viagens que quero
quero a mais só, a mais triste
como um troféu de caminho
pra pendurar no pescoço
e afuscar qualquer lágrima
que me escorra no rosto.

Chandal Meirelles Nasser

Nenhum comentário: