quarta-feira, 10 de junho de 2015

Origem da Língua Portuguesa

“A nossa língua comum foi construída por laços antigos,
tão antigos que por vezes lhes perdemos o rastro”.

Mia Couto
No século III a.C., os romanos invadiram e conquistaram a Península Ibérica, incorporando-a ao Império Romano. A convivência fez com que os povos vencidos passassem, a falar a língua dos invasores. Nessa época, a língua era apenas falada e empregada pelo povo, que usava o Latim Vulgar, falado na região do Lácio¹, em Roma. Dessa língua originaram as línguas neolatinas ou românicas. (galego-português, castelhano, francês, catalão, italiano, provençal, sardo, e romeno).
Bem diferente do Latim Vulgar era o Latim Clássico, língua falada e também escrita por grandes escritores da época, como Virgílio e Horácio. Todavia, foi o Latim Vulgar que expandiu pela península, sendo falado do século III a.c. até o século V da era cristã. Com isso ele sofreu diversas modificações e influências de outras línguas.
Fases da Língua Portuguesa:
No desenvolvimento histórico da língua portuguesa houve três grandes fases:
Pré-histórica - compreende as origens até o século IX. Não há nenhuma documentação dessa época. A partir do século V, surge o romanço português, dialeto do latim usado até IX.
Proto-Histórica - estende-se do século IX ao século XII. Encontram-se documentos, redigidos em latim bárbaro, com palavras tiradas do romanço.
Histórica - tem início no século XII e vai até os dias atuais. Os textos dessa época começaram a ser escritos em português arcaico.
Essa fase é dividida em dois períodos.
Arcaico: compreende o período que vai do século XII ao século XVI. Houve, inicialmente, uma língua comum, o galego-portugês, falado a noroeste da Península Ibérica. Em regiões da Galiza e no norte de Portugal.
Era usado em textos, numa literatura bem trabalhada. Surgiu, então, a primeira cantiga da língua portuguesa, escrita em galego-portugês, chamada Cantiga da Ribeirinha de Paio Soares de Taveirós.
Moderno: compreende o período que vai do século XVI à nossa época. AS primeiras gramáticas da língua portuguesa surgem no início do século XVI, de autoria de Fernão de Oliveira (1536) e de João de Barros (1540).
Em 1572, é publicada a obra épica Os Lusíadas de Luiz Vaz de Camões. A partir dessa obra, a língua já começou a apresentar as características atuais.
O Português Hoje
O português é língua oficial do Brasil, Angola, Moçambique, Guiné Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, apesar da incorporação de vocábulos nativos e de modificações gramaticais e de pronúncia, eles mantém uma unidade com o português de Portugal.
Vejamos:
América – Brasil.
África - Guiné Bissau, Cabo Verde, Angola Moçambique, e São Tomé e Príncipe.
Ásia - Macau, Goa, Damão e Diu.
Europa - Portugal.
Oceania - Timor Leste.
Ilhas Atlânticas próximas a costa africana - Madeira (Ilha da Madeira) e Açores.

Lácio (em latim: Latium) é uma região histórica da Itália Central na qual a cidade de Roma foi fundada e cresceu até tornar-se capital do Império Romano.

Nenhum comentário: