domingo, 13 de novembro de 2011

Richard S. Johnson
“Minha pensativa Sara! sua face macia reclinada
Assim sobre meu braço; é infinitamente doce
Sentar junto à nossa casinha, toda ela rodeada
De jasmins de alva cor e murtas de amplas folhas
(Símbolos perfeitos de Inocência e Amor!)”

Samuel Taylor Coleridge (1772-1834)

Nenhum comentário: