quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Da gaiola do nosso relacionamento
em algum momento,
o trinco se abriu:
o amor fugiu.
Por hábito, continuamos
a trocar a água
e a renovar o alpiste,
Mecanicamente, cuidamos
de uma ave
que não mais existe.

Wilson Gorj

Nenhum comentário: