segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Rodrigo é o nome desse rapaz que leciona ginástica para o Projeto Fitness Carrefour Bairro. Isso já acontece ha 2 anos e as aulas são na Praça do Largo Santa Cruz no Cambuí.
A maioria dos alunos tem mais de 40 anos, alguns com mais de 80, portanto, pode-se dizer que é um grupo de “Terceira Idade”, onde muitos têm problemas de artrose, dores, etc. Isso requer que o professor tenha habilidade psicológica na elaboração do programa e que tente atender a todos e não discrimina-los.
Para tanto o ideal seria um professor com experiência, uma pessoa madura, sensível e não um garoto de 20 anos ainda adolescente, mimado que tem seu primeiro emprego, e que não depende dele para viver, pois mora com os pais.
Ele usa a sua juventude e “beleza” como “arma” de conquista, o que não é difícil num grupo onde a maioria são mulheres casadas há bastante tempo. Elas o idolatram, imagino que deveriam construir um nicho na praça com luzes reluzentes para ele ficar.
Na sexta-feira passada ele deu uma aula só de andar, ou seja, 1 hora só caminhando. Perguntei a ele se não havia uma alternativa, pois eu não consigo andar muito. Ele deu as costas e foi andar com a turma deixando eu e o senhor Orival às favas.
Se uma senhorinha que tem 88 anos estivesse e outra Pina de 82 também estivesse ficaríamos nós a ver navios, como ficou o senhor Orival e eu.
Realmente Rodrigo merece um nicho brilhante no centro da praça. Tietes não faltarão. Se até nos presídios as mulheres fazem fila, imaginem alguém um pouco melhor. Sendo novo e bonito é tudo.

Nenhum comentário: