quarta-feira, 17 de novembro de 2010

“Esta noite a tua boca é a mais bela rosa do universo
Bebo para afogar este pesadelo
Que o vinho seja rubro como as maçãs do teu rosto
E os meus versos tão leves como os anéis dos teus cabelos”.

Omar Khayyám (1048-1131)

Nenhum comentário: