sábado, 14 de agosto de 2010

Passam os séculos, os homens, as repúblicas,
as paixões; a história faz-se dia por dia,
folha a folha; as obras humanas alteram-se,
corrompem-se, modificam-se, transformam-se.
Toda a superfície civilizada da terra
é um vasto renascer de coisas e ideias.

Machado de Assis (1839-1908)

Nenhum comentário: