quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Personalidades Históricas:

‘David Capistrano da Costa’ (1913-1974)
Nasceu no Ceará. Dirigente do Partido Comunista Brasileiro - PCB. Participou do Levante de 1935, como sargento da Aeronáutica, sendo expulso das Forças Armadas e condenado, à revelia, pelo Estado Novo, a 19 anos de prisão. Participou da Guerra Civil Espanhola como combatente das Brigadas Internacionais e da Resistência Francesa, durante a ocupação nazista. Preso em um campo de concentração alemão, foi libertado e regressou ao Brasil em 1941. Em 1945 foi anistiado e, em 1947, eleito Deputado Estadual em Pernambuco. Entre 1958 e 1964 atuou na política pernambucana e dirigiu os jornais "A Hora" e "Folha do Povo". Com o golpe militar, entrou na clandestinidade e asilou-se na Checoslováquia, em 1971. Retornou ao Brasil em 1974, atravessando a fronteira em Uruguaiana, Rio Grande do Sul, em um taxi. David Capistrano foi sequestrado no dia 16 de março de 1974, no percurso entre Uruguaiana e São Paulo.
A atriz paulista Mika Lins publicou texto pelo jornal “Folha de S.Paulo”, no caderno “Ilustríssima”, dia 23 /10/2011, intitulado “A outra vida do tio Enéas”, onde ela conta sobre David Capistrano da Costa, relatando um dos crimes mais bárbaros e mais chocante, ocorridos no Brasil durante o período da Ditadura Militar que se instalou no País a partir de 1° de abril de 1964.

Nenhum comentário: