terça-feira, 5 de julho de 2011

Mulheres de Atenas: uma reflexão lírica sobre a condição feminina

A música "Mulheres de Atenas" é de 1976, resultado de uma parceria entre Augusto Boal e Chico Buarque de Holanda, foi parte da trilha sonora da peça de teatro "Lisa, a mulher libertadora", uma adaptação da comédia grega Lisístrata, escrita por Aristófanes em 411 a.C.
Nesta peça, as mulheres obrigam seus maridos a buscarem um tratado de paz sobre as guerras que envolviam as cidades-Estado gregas, impondo uma condição: enquanto a paz não fosse alcançada, elas se recusariam a fazer sexo com eles.
William-Adolphe Bouguereau - Nymphes et Satyre
Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Vivem pros seus maridos
Orgulho e raça de Atenas

Quando amadas, se perfumam
Se banham com leite, se arrumam
Suas melenas* *(mechas do cabelo)

Quando fustigadas não choram
Se ajoelham, pedem imploram
Mais duras penas; cadenas* *(correntes)
Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Sofrem pros seus maridos
Poder e força de Atenas
Quando eles embarcam soldados

Elas tecem longos bordados
Mil quarentenas
E quando eles voltam, sedentos
Querem arrancar, violentos
Carícias plenas, obscenas

Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Despem-se pros maridos
Bravos guerreiros de Atenas
Quando eles se entopem de vinho
Costumam buscar um carinho
De outras falenas* *(espécie de mariposa, metáfora para prostituta)

Mas no fim da noite, aos pedaços
Quase sempre voltam pros braços
De suas pequenas, Helenas

Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas:
Geram pros seus maridos,
Os novos filhos de Atenas.

Elas não têm gosto ou vontade,
Nem defeito, nem qualidade;
Têm medo apenas.
Não tem sonhos, só tem presságios.
O seu homem, mares, naufrágios...
Lindas sirenas*, morenas. *(sereias)
Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Temem por seus maridos
Heróis e amantes de Atenas

As jovens viúvas marcadas
E as gestantes abandonadas
Não fazem cenas
Vestem-se de negro, se encolhem
Se conformam e se recolhem
Às suas novenas
Serenas

Mirem-se no exemplo
Daquelas mulheres de Atenas
Secam por seus maridos
Orgulho e raça de Atenas.

Chico Buarque
“Falenas”, significam borboletas, uma referencia a homossexuais. Os gregos preferiam relações entre homens, e as relações com mulheres eram apenas para reprodução. As mulheres de Atenas sofriam terrivelmente. Daí o conteúdo irônico da musica.
Chico é um poeta especialista na alma feminino Chico relata de maneira irônica o comportamento de mulheres submissas e que na sua submissão superam a realidade de sofrimento. Como viver reclusas e excluídas de uma sociedade tão machista? Elas “assumem” enquanto eles “somem” de suas responsabilidades e ainda gozam os louros de suas falsas conquistas. Isso! O poema é claro: “mirem-se no exemplo”. O poema alerta o estilo de vida gregário de mulheres que ainda hoje vivem assim. Por um acaso costumamos ver com frequência uma amiga casada? O será q ela está fazendo agora? Escrevendo um livro? Bebendo c as amigas? Viajando? Não! Sinto muito, mas acredito que a mulher tem muito a conquistar: ter filhos deve ser um desejo e não uma obrigação social, casar deve ser por amor e não por medo de solidão, fazer sexo deve ser por desejo e não autoafirmação, ser linda deve ser para você mulher e não para um homem. A violência domestica contra a mulher existe, conte cinco minutos e uma mulher é espancada por um homem. Ainda acreditamos em príncipes encantados. Contem 5 minutos e continuem acreditando… ”Mirem-se no exemplo daquelas mulheres de Atenas” e façam o contrario: lutem para ser o que são! Somos mulheres livres!

Nenhum comentário: