segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Anjo... mundo... solidão,
bosque... rua... coração...

Eram vozes de crianças,
vozes de muitas crianças,
cantando antiga canção:

"Nesta rua, nesta rua tem um bosque,
que se chama, que se chama Solidão.
Dentro dele, dentro dele mora um anjo,
que roubou, que roubou meu coração.

Se eu roubei, se eu roubei teu coração,
tu roubaste, tu roubaste o meu também.
Se eu roubei, se eu roubei teu coração,
foi porque, foi porque te quero bem."

Thiago de Mello

Um comentário:

Silenciosamente ouvindo... disse...

Olá amiga, será que me autoriza a
utilizar alguma das poesias que
tem no seu blogue, no meu
http://sinfoniaesol.wordpress.com
com os devidos créditos.
Basta deixar num comentário a sua
resposta.
Um beijinho
Irene