segunda-feira, 19 de abril de 2010

Jules Scalbert
Coroai-me de rosas,
Coroai-me em verdade,
De rosas — rosas que se apagam
Em fronte a apagar-se tão cedo!
Coroai-me de rosas
E de folhas breves.
E basta.

Ricardo Reis
(heterônimo de Fernando Pessoa)

Nenhum comentário: