segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Haicai

Jehan Georges Vibert
Frescura:
os pés no muro
ao dormir a sesta

Matsuo Bashô (1644-1694)
Tradução: Jorge Sousa Braga

Nenhum comentário: