terça-feira, 2 de abril de 2013

Desejo

Gustav Klimt
“No desejo de varrer
As trevas de minha alma
A grande árvore, eu procuro
Que nunca se abalou
Na fúria da tempestade.”

Daisaku Ikeda
Fragmento do poema “Ó Viajante”

Nenhum comentário: