sexta-feira, 15 de março de 2013

William Sidney Mount
“De manhã, quando abris a vossa janela ou a vossa porta, pensai em saudar todas as criaturas dos mundos visíveis e invisíveis. Criais assim uma ligação com elas e, graças a esse simples gesto de saudação, sentir-vos-eis durante todo o dia na poesia, na luz. Vós enviais o vosso amor e, de todas as regiões do espaço, o amor volta a vós. Há tantas coisas a fazer para tornar a vida bela e poética! Mas é necessário que não vos deixeis apanhar pelas preocupações, pelas questões materiais, e que guardeis um pouco de tempo e de energias para todas as atividades que dão um sentido à existência. Os humanos ainda não compreenderam grande coisa: falam de amor, querem ser amados, mas continuam fechados, apagados, prosaicos. Eles que aprendam a viver essa vida poética! Se o fizerem, serão amados”.
Omraam Mikhaël Aïvanhov (1900-1986)

Nenhum comentário: