domingo, 17 de junho de 2012

Cinzas de Sísifo

Piet Mondrian - Grey Tree
Eu vi o sobressalto.
Nesse bosque de lâminas e luvas
tocaste cada coisa como
um grito.

E amaste a minha boca
com quem corta
os pulsos ao silêncio.
Se o vento te derrama
entre folhas e cinza
é sempre a mesma voz que não perdoa
a mesma lei
o mesmo labirinto.

Armando Silva Carvalho

Nenhum comentário: