sábado, 12 de maio de 2012

Suzanne Kfoury
“Penetra no coração de uma gota d’água
serás invadido pelas marés de cem oceanos puros
Se examinares com cuidado uma mancha de pó,
verás um milhão de seres inomináveis
Os membros de uma mosca são como um elefante
Cem colheitas residem no germe da semente de cevada.
Uma semente de painço suporta um mundo inteiro
A asa de um inseto desdobra um oceano
Raios cósmicos ficam ocultos na pupila do meu olho,
e, de alguma maneira, o centro do meu coração
abriga o Pulso do Universo”.

Mahmud Shabistari (1288-1340)

Nenhum comentário: