quarta-feira, 12 de outubro de 2011

John Callcott Horsley
O amor é uma gota de orvalho pousando em uma pétala de rosa,
uma gota intermitente afogando-se no mar do esquecimento,
um suspiro esperando ser correspondido,
uma lágrima acariciando o rosto de quem amas,
é um grito esperando ser escutado,
um coração esperando ser aquietado,
um raio de luz na imensidão da noite
porém, sobre todas as coisas é o poder gritar
que…Te Amo.

Juan Andrés Leiwir
Tradução de Maria Teresa Almeida Pina

Nenhum comentário: