sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Só a rajada de vento
dá o som lírico
às pás do moinho.

Somente as coisas tocadas
pelo amor das outras
têm voz.

Fiama Hasse Pais Brandão (1938-2007)

Nenhum comentário: