segunda-feira, 21 de março de 2011

Poema de Tu Fu a Li Po

“Tu escreves como o pássaro canta. Teu gorjeio? Versos.
Se não cantasses, as manhãs seriam menos vermelhas e
os crepúsculos menos azuis.
Quando a embriaguez te inspira, os Imortais inclinam-
se das nuvens para te escutarem, o tempo suspende seu
vôo, o bem-amado esquece a bem-amada.
Tu és o Sol e nós, os outros poetas, somos apenas estrelas.
Acolhe, ó meu amigo, o balbucio do meu respeito!”.

Du Fu
Tradução: Cecília Meireles

Du Fu (712-770 d.C.) é considerado o maior poeta chinês. Viveu durante a dinastia Tang (618-907), nascido de uma família de classe alta, perto da capital Chang'an, descendente do oficial da dinastia Jin Du Yu. Como poeta, sobressaiu-se em todas as formas de versos e caracterizou-se pela linguagem rica e variada, pelo magnífico domínio das regras da métrica e pelo profundo sentimento de humanidade.

Nenhum comentário: