segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Nós somos o que fazemos.
O que não se faz não existe.
Portanto, só existimos quando fazemos.
Nos dias que não fazemos, apenas duramos.

Padre António Vieira (1608 -1697)

Nenhum comentário: