sexta-feira, 20 de agosto de 2010

O mundo em que vivo repugna-me,
mas sinto-me solidário dos homens
que nele sofrem.

Albert Camus (1913-1960)

Nenhum comentário: