segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Tudo tem o seu tempo determinado,
e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.

  • Há tempo de nascer, e tempo de morrer;
  • Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
  • Tempo de matar, e tempo de curar;
  • Tempo de derrubar, e tempo de edificar;
  • Tempo de chorar, e tempo de rir;
  • Tempo de prantear, e tempo de dançar;
  • Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras;
  • Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
  • Tempo de buscar, e tempo de perder;
  • Tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
  • Tempo de rasgar, e tempo de coser;
  • Tempo de estar calado, e tempo de falar;
  • Tempo de amar, e tempo de odiar;
  • Tempo de guerra, e tempo de paz.
Que proveito tem o trabalhador naquilo em que trabalha?
Eclesiastes 3:01
Fragmento

Nenhum comentário: